Sobre o Conteúdo do Blog

Blog de histórias reais e de ficção.
Um lugar para expor opiniões que provoquem dor ou delícia!
Qualquer semelhança com histórias ou comportamentos reais poderá ter sido mera coincidência. Ou não!



domingo, 30 de janeiro de 2011

Dona Marluce - uma história baseada em fatos!



- Dona Marluce, fique atenta, dentro de 15 dias vamos receber aqui o representante do Café Melitta e tenho muito interesse nesta visita. Preciso que tudo seja perfeito.
- Tá certo Dr. Alberto. Vou tomar todas as providências. Pode ficar sossegado.


Durante 15 dias todos no escritório se mobilizaram para receber o tal empresário. O homem parecia ser o salvador da lavoura.
No dia combinado a recepcionista avisa:
- Marluce, tem aqui um senhor procurando pelo Dr. Alberto.
- Tá certo, Cidinha, já to indo.


- Boa tarde, o senhor quer falar com Dr. Alberto?
- Sim, sou Losango Silva.
- Ahhhhh! Claro, ele está esperando pelo senhor. Um minuto, vou avisar e volto para buscá-lo


- Dr Alberto, está lá na recepção o Sr..... É.... perái, esqueci o nome dele.


- Desculpe, o nome do senhor, como é mesmo??
- Losango. Losango Silva.
- Ahh sim, me desculpe.


- Dr. Alberto, é o tal do Losango.
- D Marluce, Pelo Amor de Deus, faça o homem entrar.


- Sr Losango, vamos entrar? Dr Alberto está a sua espera.


- Sr Losango, que prazer recebê-lo. Aceita alguma coisa? Um café, uma água?
- Ah, um cafezinho vai bem, né?
- Dona Marluce, providencie um café para nosso convidado.
- Pois não Dr Alberto.


- Cidinha, cê pode fazer um café e levar na sala do Dr Alberto?
- Oh Marluce, eu até faço sim, mas acabou o açúcar.
- Vichi, como acabou o açúcar Cidinha?
- Uai Marluce, Dr Alberto fez duas jarras de suco e o açúcar acabou!
- Ohh Meu Deus, perái Cidinha, vou pegar dinheiro e vc manda o Zé comprar rápido.


De volta a sua sala, Marluce abre a gaveta do caixinha e se da conta que não há um só centavo.
Ao mesmo tempo, o interfone:
- Dona Marluce, a senhora pode vir até aqui?


- Oi Dr Alberto, pode falar!
- Dona Marluce, onde está o café que o Sr Losango pediu?
- Sabe que que é Dr Alberto, o açúcar acabou...
- Acabou e a senhora não mandou comprar?
- Ó, mandar eu até mandei, mas quando fui pegar o dinheiro vi que o caixinha tava vazio. Eu já falei pro senhor, Dr Alberto, esse dinheiro do caixinha é pouco, ai acontece isso ó, a gente passa a maior vergonha !!

Diante da cena, Losango diz:

- Alberto, fique tranqüilo, tudo bem. Pode ser uma água mesmo
- Imagina Losango. Toma aqui Dona Marluce, pega esse dinheiro e manda comprar esse açúcar de uma vez.

- Pode ir com calma Dona Marluce, eu espero, disse Losango. Tenho certeza que esse café é Melitta.
- Não senhor, é Utam. O Senhor sabe né, aqui vizinho nosso, a gente compra direto deles.
- Ahh eu entendo, mas o coador é Melitta, né?
- Não é não senhor! É de pano !

Até hoje a Cidinha e o Zé tentam entender porque Dona Marluce, saiu chorando da sala do Dr Alberto e nunca mais voltou!

3 comentários:

  1. Hahahahahahahahahaha! Que dó, gente!

    ResponderExcluir
  2. Put a keep are youuuu...........kkkkkkkkkkkkk....
    ô mô pai. que judiação...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...